fbpx

Falta de capital: um dos maiores motivos de falências dos empreendimentos

A taxa de sobrevivência no ano de 2016, de acordo com IBGE foi de 38%, ou seja, apenas 38% das empresas que foram fundadas em 2011 perduraram até 2016, os outros 62% faliram, ou simplesmente fecharam as portas. Os principais motivos para esse cenário, segundo Sebrae é por falta de clientes ou por falta de capital.

Isso mesmo, falta de capital, que nada mais é do que capital de giro.

Mas o que é capital de giro?

Capita de giro é o dinheiro que você precisa ter disponível para manter as operações da empresa. É aquele dinheiro que você vai pagar seu fornecedor para ter estoque, bancar o prazo que você dá para o seu cliente e disponibilizar em caixa para arcar com as obrigações cotidianas.

O que ocorre com uma empresa sem capital de giro?

Uma empresa que não disponibiliza de capital de giro acaba por criar um ciclo dos mais danosos possíveis. Ela acaba dependendo das receitas do dia para pagar as contas do mesmo dia, ou do dia seguinte. Sabe aquele velho ditado “matar um leão por dia” é mais ou menos assim.

Em outras palavras, a empresa que não disponibiliza de capital de giro para manter suas atividades começa a apresentar problemas de liquidez (capacidade de pagamento), não dispondo de recursos suficientes para arcar com suas obrigações. Por algum tempo, até consegue ir se virando com as entradas de caixa, mas chega um ponto que suas possibilidades se estinguem. É como uma bola de neve rodando, até que se transforma em avalanche e ninguém mais segura.

Mas quanto devo manter de capital de giro?

Um mínimo que possa manter a empresa por um ano sem nenhuma receita. Dai você pode estar se perguntando, mas como terei essa informação? Realizando projeções, avaliando seus custos e despesas e projetando-os. Retome este post que vai te ajudar: 5 passos para tornar as finanças sua aliada no processo de abertura da sua empresa. 

A dica é, analise e planeje suas necessidades, jamais abra uma empresa sem ter a real dimensão da quantidade de dinheiro que precisa. A falta de recursos para arcar com as obrigações pode ser o inicio do seu fim. Não permita que isso ocorra.

Até Logo,

Jéssica Pulino Campara

2019-04-04T12:09:15+00:00

Leave A Comment